Esta animado com o Google Glass? Pense duas vezes e assista a essas paródias [Video]

Por Rodrigo Florencio via Techcrunch.

Há alguns dias o Google “vendeu” através de um video o Google Glass, um projeto de óculos com realidade aumentada que virá a revolucionar a tecnologia e nossa forma de viver. Ou não.

A verdade é que, a tecnologia apresentada no video está anos a frente de nossas possibilidades. Itens como duração da bateria num gadget tão pequeno, a tela de realidade aumentada que na verdade é um “bloco” de vidro do tamanho de um Lego, apenas do lado direito, reconhecimento de voz deficitário e outros impeditivos.

A questão é, todo mundo já está disposto a comprar o Google Glass, isso é fato. Alguns já esbravejam a chegada do Messias, o “iPhone Killer“.

Agora, para diminuir um pouco as expectativas e trazer os early adopters para o mundo real, assista estas duas paródias do Google Glass:

Google Glass

Outra paródia do Google Glass

Agora o original, para os mais desavisados:

Google+ tem 90 milhões de usuários e 60% deles acessam diariamente… ou não

Por Rodrigo Florencio via TechCrunch.

O Google finalmente revelou seus números hoje! São 90 milhões o número de usuários de sua rede social, segundo a própria empresa.

Além disso, segundo a imagem acima, postada por um alto executivo da empresa, indica que o 60% dos usuários do Google Plus se conectam diariamente e 80% semanalmente.

O problema desses números é: Larry Page, CEO e fundador da empresa, foi extremamente vago em suas revelações hoje, deixando muitos especialistas da mídia irritados.

Em parte de seu discurso, Page disse o seguinte:

Engagement on + is also growing tremendously. I have some amazing data to share there for the first time: +users are very engaged with our products — over 60% of them engage daily, and over 80% weekly.

Resumindo o que está escrito, ele diz “usuários do Plus são muito engajados com nossos produtos – mais de 60% deles diariamente e outros 80% semanalmente”.

Veja “nossos produtos”. O que simplesmente dá a entender que usuários do Google Plus acessam diariamente OUTROS PRODUTOS e não necessariamente o próprio Google +.

Um valor de engajamento tão alto é simplesmente difícil de engolir, afinal, nem o Facebook chega perto disso.

Que o Google Plus será grande, não há dúvida, mas por que nos confundir agora?

 

Google atinge 4.5 milhões de assinaturas contra SOPA/PIPA em um dia

Por Rodrigo Florencio via TechCrunch.

Mostrando mais uma vez como fazer a diferença com todo o seu poder, o Google conseguiu somente na quarta-feira, dia 18 de janeiro em torno de 4 milhões e 500 mil assinaturas em sua petição contra a aprovação das leis SOPA e PIPA.

O movimento de greve na internet, que envolveu sites como a Wikipedia, atingiu alguns números incríveis:

–  4.5 milhões de assinaturas na petição do Google;

– 1.5 milhões de assinaturas na petição da Avaaz;

– Mais de 344 mil compartilhamentos no Facebook;

– Mais de 125 mil compartilhamentos no Google Plus;

– Por volta de 2.4 milhões de tuites com as hashtags #StopSopa #SopaStrike e outras.

A importância desta manifestação para o futuro da internet é tamanha que Mark Zuckerberg, fundador do Facebook até mesmo ressucitou sua conta no Twitter!

– Saiba como protestar contra a SOPA/PIPA

Amor que virou ódio: Google+ “prejudica” Twitter em suas buscas

Por Rodrigo Florencio via Techcrunch.

“OK, OK, OK!”

Seria esse o inicio desta matéria em um canal de fofocas. Mas acredite, o assunto aqui é digno de barracos e confusões que permeiam esse programas de baixo nível.

A gigante Google redefiniu politicas e caracteristicas técnicas de seu buscador, para incluir perfis de sua rede social.

Até ai, tudo bem. Mas o Google decidiu “destacar” nas pesquisas os perfis de sua rede social, com a finalidade de “puxar” esse tráfego para seu produto.

Com isso, se você digitar o nome de uma pessoa, onde normalmente artigos do wikipedia e o perfil do Twitter/Facebook viriam nas 5 primeiras posições, agora teremos o perfil do Google Plus da pessoa em destaque, até mesmo na barra de pesquisas poderá surgir com a função de sugestões.

A equipe do Twitter se pronunciou dizendo “estamos preocupados que a alteração nas buscas do Google torne mais dificil para todos encontrarem informações. Achamos que isso é ruim para pessoas, publicadores, novas organizações e usuários do Twitter”.

O Google respondeu “estar surpreso com a reação do Twitter, pois foi o microblog que optou por não renovar o acordo de buscas no ano passado e temos então seguido a instrução de rel=nofollow“.

Ou seja, “Perai, você não tinha terminado já comigo?”.

Esse final de namoro ainda vai dar muito o que falar!

 

Mais surpresas de Natal do Google: Santa, Christmas, Hanukkah

Por Rodrigo Florencio via Mashable.

Todo mundo já se divertiu muito com o “Let it Snow” que ao ser digitado na barra de pesquisas do Google faz com que a tela se encha de flocos de neve até ser parcialmente coberta.

O Youtube também aderiu a onda. Apenas em alguns videos, foi habilitado um botão do lado direito, no alto da tela, que inicia uma nevasca. Os flocos de neve se acumulam na parte debaixo do video.

Além dessas surpresas, agora você tem mais algumas palavras para digitar na página de pesquisa do Google:

Digite Santa ou Christmas na barra de pesquisas do Google e veja as luzes de Natal;

Digite Hanukkah na barra de pesquisas do Google e veja estrelas de Davi;

Digite Kwanzaa na barra de pesquisas do Google e veja as velas comemorativas!

As 10 marcas mais populares no Google Plus

Por Rodrigo Florencio via Mashable.

A rede social Google Plus recentemente abriu suas portas para as páginas de marcas, ou seja, páginas institucionais que visam conectar um certo produto a seus consumidores.

Claro que o sucesso das páginas de marca no Google Plus ainda não chega nem aos pés do que acontece no Facebook, onde a Coca Cola por ex., que nem ao menos está no Top 10 no Plus, mas que na rede de Mark Zuckerberg tem 36 milhões de seguidores.

Para mostrar como o Google Plus ainda é uma rede social de early adopters, como são chamados os entusiastas da tecnologia, aqueles que testam e querem ter tudo que é novo, antes mesmo disso virar sucesso, o site Mashable aparece na segunda posição do ranking, com mais de 131 mil pessoas tendo essa página em seus círculos, logo atrás do Android, que figura em primeiro, com mais de 235 mil.

Acompanhe abaixo as 10 marcas mais populares no Google Plus:

1- ANDROID – 235.742

2- MASHABLE – 131.208

3- GOOGLE CHROME – 127.611

4- GOOGLE + – 113.355

5- COLDPLAY – 106.791

6- H&M – 99.116

7- NEW YORK TIMES – 93.397

8- MARVEL – 93.384

9- GOOGLE – 91.636

10- GMAIL -89.564

 

Surpresa de Natal: Let it Snow! Neve na página do Google

Por Rodrigo Florencio via TechCrunch.

O Google sempre inova em sua página de pesquisas. Já chegou até mesmo a transformar seu doodle, como é chamado o logo da Google na página de pesquisa, em um jogo de PacMan e até mesmo em uma guitarra.

A surpresa para este Natal é simples mas muito divertida.

Digite Let it Snow na barra de pesquisa do Google e clique em pesquisar. Imediatamente começará a nevar na tela. A neve logo se acumula e cobre até mesmo os itens da pesquisa.

O botão de pesquisa se tornar o botão de “descongelar”, tirando finalmente toda aquela neve da sua tela.

Tente você também!

Neve no Google

Leia também:

Google é a marca de maior valor social no mundo! Veja a lista!

via Época Negócios

Segundo estudo da empresa Sociagility, a Google lidera a lista das 50 empresas de maior valor social no mundo. A Disney aparece em segundo lugar, seguida de Apple, Starbucks e Blackberry.

A empresa analisou 5 atributos de performance social: popularidade, receptividade, interação, alcance de rede e confiança.

Veja a lista e os atributos abaixo:

Google Music: Não consigo instalar o aplicativo Android

Por Rodrigo Florencio

Você provavelmente já ouviu falar do novo serviço da gigante da internet, o Google Music. Trata-se de um serviço similar ao ITunes, onde você poderá comprar músicas pelo Android Market, além de sincronizar as músicas que tem entre seu PC, Notebook e Android.

 Você pode adicionar até 20 mil músicas gratuitamente em sua conta Google Music.

Você pode sincronizar as músicas que já tem em outros aplicativos, como o Itunes.

Ouvir música em seus dispositivos Android sem ter que baixa-las.

 

O lado ruim da história toda é que o Google Music ainda não está disponível no Brasil… Nada que nos impeça, é claro! No TechTudo tem um tutorial de Como acessar o Google Music, só fica uma dica em relação ao tutorial: O link que eles indicam do navegador Thor está quebrado, então jogue no Google.

Felicidade! Early Adopters! Agora vocês tem o Google Music! Aproveite e instale o Music Manager e defina a pasta onde ficam suas músicas e outras configurações.

Você pode “upar” até 20 mil músicas, então, chute o balde e inclua Agnaldo Timóteo na sua playlist!

O problema: Não conseguimos instalar o aplicativo Android do Google Music! WTF! Ou seja, do que adianta ter suas músicas em nuvem se não poderei acessa-las do meu (simplório) Xperia Mini X10??

Por enquanto ainda não há uma solução simples, existem alguns apps que simulam sua localidade no Android, mas só funcionam em celulares com acesso root.

Conseguiu fazer funcionar? Manda o caminho ai nos comentários!