O Fim de uma era – Por que a queda do Megaupload é comparável ao fim do Napster

Por Rodrigo Florencio.

Na quarta-feira, dia 18 de Janeiro de 2012, a força da livre expressão de milhões se fez valer contra a ganância de poucos.

Unidos derrubamos, com protestos pacíficos e ciberativismo, os projetos de lei SOPA/PIPA.

Na manhã seguinte, os vitóriosos foram apunhalados pelas costas. Fomos acordados com a noticia de que o FBI em uma mega operação, havia prendido os executivos do Megaupload, o maior “cyber locker” ou “arquivo virtual” da internet. Com a prisão, o site que permite a seus usuários compartilhar arquivos pelo mundo (como por ex. uma video palestra de seu TCC com 50 mb que nunca caberia em um e-mail, mas que você irá usar em sua apresentação) foi fechado.

As alegações do governo americano, FBI e detentores de direitos autorais para a ação contra o Megaupload foram de formarem uma organização criminosa internacional que corroborava para praticas de pirataria, quebra de direitos autorais e lavagem de dinheiro.

Muitos encararam isso como um problema isolado, não dando tanta atenção. Mas o grupo de ciberativismo Anonymous deu a devida atenção e iniciou a #opMegaupload.

Durante a #opMegaupload, vários sites do governo americano, inclusive da Casa Branca, foram derrubados. Sites de gravadoras e estúdios, os principais interessados na queda do Megaupload também cairam. #TangoDown.

Sim queridos Geeks, isso é história sendo escrita em nossa tela. É muita coisa, então vamos colocar alguns tópicos:

– Manifesto mundial contra SOPA/PIPA;

– Queda do Megaupload;

– #opMegaupload – pode ser considerado uma das mais pesadas batalhas virtuais, um exemplo de uma Ciberguerra.

Mas a história é escrita de forma constante, então para nossa tristeza, temos “baixas” do nosso lado:

Filesonic, um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo com 1 bilhão de pageviews/mês, encerrou seu programa de afiliados e baniu download de terceiros, ou seja, você só baixa do site aquilo que você mesmo hospedou nele;

Para piorar, muitos usuários alegam que seus arquivos e contas no serviço estão sendo deletadas.

Fileserve, VideoBB, VideoZer, Uploaded.to, Filejungle, Uploadstation e Filepost também estão tomando as mesmas iniciativas.

Estamos perdendo muitos players do nosso lado da batalha, tudo isso em praticamente 72 horas após derrotar a SOPA/PIPA.

Por isso, faço meu ponto de análise aqui neste post e faço jus ao título:

O Fim de uma era – Por que a queda do Megaupload é comparável ao fim do Napster.

Simplesmente o efeito dominó causado pela queda do Megaupload foi muito maior do que esperávamos. Os concorrentes não pensaram em tomar seu lugar e sim fugiram amedrontados, começaram a queima de arquivo em seus escritórios e a esta hora daqui a uma semana, não sobrará mais nada desse modelo de negócios.

Isso mesmo, este modelo de negócios está morto. É o fim do compartilhamento de arquivos como conhecemos.

Este foi um grande golpe e poderá levar meses para a recuperação. A condenação dos executivos do Megaupload é certa, afinal eles são símbolos de uma religião pagã e serão executados em praça pública para tentar nos cegar.

Mas hoje, trabalhamos, comemos e conversamos no mínimo 200 vezes mais rápido do que na época em que Sean Parker, fundador do Napster, foi atirado ao leões. E isso significa que este modelo de negócios será reinventado nos próximos meses, leis serão lidas e re-lidas por advogados e empreendedores e o compartilhamento de arquivos voltará: maior e mais forte do que nunca.

Sempre haverá a demanda por compartilhar arquivos na rede e enquanto esta demanda existir, empreendedores criarão meios de satisfaze-la e tornar esse modelo de negócios rentável.

Não acaba aqui.

Anúncios

Um comentário em “O Fim de uma era – Por que a queda do Megaupload é comparável ao fim do Napster

  1. Pingback: Geek Vox entrevista: O Melhor da Telona fala sobre SOPA/PIPA, Megaupload e mais | Geek Vox

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s